Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Progcast #24 – Yes (Lado A): Ohhhhh Yes!




Saudações Proggers!

Sejam bem vindos a mais uma edição da sua dose semanal de Rock Progressivo

Nesta semana começamos, com muito medo, a falar sobre uma das MAIORES e mais GRANDIOSAS bandas EVER! Vamos falar sobre o YES. Abordamos o ínicio até o lançamento do mais clássico albums do progressivo, o FRAGILE. Entre altas discussões sobre o âmago do som dos caras, falamos de dentro do banheiro, lembramos de um americano morrendo de calor em solo brasileiro e muito mais….

O que tocou neste episódio

Indicações da semana

O que tocou no episódio

  • 00:00:13 – Beyond and Before
  • 00:02:32 – Astral Traveler
  • 00:06:23 – Yours Is No Disgrace
  • 00:12:17 – The Urban Tribe (Dakrya)
  • 00:16:15 – Cold (Of The I)
  • 00:22:31 – Looking Around
  • 00:26:31 – I see You
  • 00:33:20 – Every Little Thing
  • 00:39:01 – Yesterday and Today
  • 00:41:42 – Sweetness
  • 00:46:11 – Time and a Word
  • 00:50:26 – No Opportunity Necessary, No Experience Needed
  • 00:53:29 – Survival
  • 00:59:49 – Everydays
  • 01:05:57 – Starship Trooper
  • 01:14:55 – Southside Of the Sky
  • 01:22:39 – Heart Of The Sunrise
  • 01:24:42 – I’ve Seen All Good People
  • 01:31:28 – Long Distance Runaround
  • 01:35:15 – Clap
  • 01:37:19 – Roundabout

Comentado no episódio

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.comSigam-nos no Twitter @progcastbrSeja nosso amigo no orkut

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

escute nossa rádio!!!

Comentem, espalhem, divulguem

Baixe agora o episódio

Reproduzir

Comentários, sugestões, correções e contato: contato@progcast.com.br

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Curta a fanpage do Progcast no Facebook

ASSINE NOSSO FEED AGORA

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

Rhamses

Palpiteiro de mídias sociais, Designer de interfaces, Podcaster e Microblogger. Apreciador de boa música, mas roqueiro acima de tudo.

5 respostas para “Progcast #24 – Yes (Lado A): Ohhhhh Yes!”

  1. Fábio-PoSBras disse:

    Yes é o assunto que todo fã de prog me xinga. Não sou fã, alías, nem posso dizer que gosto da banda, só de umas 2 ou 3 músicas. Pink Floyd acaba com Yes com as duas mãos amarradas, hehehe. Mas enfim, vou escutar e depois posto de novo!

  2. Andrew disse:

    Acho os estilos do Yes e do Pink Floyd BEM diferentes, portanto não comparo as duas bandas.
    No symphonic prog aí sim posso comparar por exemplo com o Genesis que é o meu vício atualmente e acho muito melhor que Yes.
    Mas para nao desmerecer a banda, Close to the Edge, Fragile e Relayer são classicos absolutos da história do rock.
    BTW, bora ouvir o episódio! 😀

  3. Lucas N disse:

    Não é uma das minhas preferidas. É claro que não posso falar que é uma banda ruim, po! os caras são fodas demais. Só que as vezes acho que eles exageram um pouco. A voz do Jon Anderson é meio irritante.
    Mas é um negócio meio pessoal que tenho com a banda. Pegando o prog de uma forma bem geral, (vou citar algumas bandas como pink floyd, king Crimson, ELP e Van der Graaf Generator, só pra dar uma noção do que eu estou falando) da pra notar que a maior parte das bandas tem um som meio tenso, meio obscuro, pesado (não no sentido metal da coisa…). Algo que dá pra notar tanto nas letras quanto na atmosfera das músicas.
    Não vejo isso no Yes, e sinto falta. Eles tem algumas músicas muito "alegrinhas", acho que a voz do Jon Anderson colabora pra isso um pouco. As musicas, às vezes, tem um som muito agudo e rápido, o que me incomoda se for pra escutar um album inteiro.
    Mas, como disse, é algo pessoal que tenho com o som dos caras. Gosto muito do Fragile e do Close to the Edge, mas não consigo escutá-los de uma vez. Viagens a parte, tenho que reconhecer que os caras sao fodas, demais!

  4. Lucas N disse:

    AH, tava falandio em um prog mais tenso, mais sobrio… e na hora coloquei um album pra rolar aqui, o Zarathustra do Museo Rosenbach. Voces poderiam fazer um progcast sobre o prog italiano qualquer hora, não é? tem muita coisa boa, mas é foda que rolam varias bandas tipo o Museo, que lançaram um album fodástico e sumiram do mapa.

  5. Muito bom o episódio. Yes é uma das minha bandas favoritas e gosto muito de falar deles.
    O album "Fragile" é com certeza um dos melhores de todo o Prog. Vale lembrar que ele foi um álbum que foi composto em muito pouco tempo, pois a banda precisava de dinheiro rapidamente para pagar toda o equipamento do Rick Wakeman, que tinha acabado de entrar na banda. O álbum também tem musicas que mostram o talento individual dos integrantes, como Mood for a Day, do Howe, que eu considero um dos caras que melhor sabe tirar um som agradável do violão. Mood for a Day eu toco inteira, mas Clap eu não passo dos 10 segundos de musica.
    Esse episódio foi muito bom, e espero o que voces irão falar do Close to the Edge seja melhor ainda, já que na minha opinião, ele é o Dark Side of the Moon da banda.
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *