Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Progcast #22 – The Final Experiment II: Os portões nucleares do castelo elétrico




Saudações Proggers!

Sejam bem vindos a mais uma edição da sua dose semanal de Rock Progressivo

Nesta semana continuamos com a nossa série THE FINAL EXPERIMENT falando sobre o álbum Into The Eletric Castle, o terceiro album do mega projeto de Arjen Lucassen. Na mesa quase redonda do papo chamamos o megafreak, dono da maior comunidade do Ayreon no Orkut, Danilo Cureza. Não perca neste episódio: Como mexer com psicológico humano para se dar bem, vamos descobrir o que se esconde atrás daquele que é imortal, como ser um ser onipresente com apenas três auxiliares e um megafone e saibam exatamente o que falar para o seu guitarrista favorito.

Indicações da semana

Comentado no episódio

– Progcast# 13 – The Final Experiment – O nascimento da eternidade
– Making of do Eletric Castle – 1 de 3
– Making of do Eletric Castle – 2 de 3
– Making of do Eletric Castle – 3 de 3

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.comSigam-nos no Twitter @progcastbrSeja nosso amigo no orkut

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

escute nossa rádio!!!

Comentem, espalhem, divulguem

Baixe agora o episódio

Reproduzir

Comentários, sugestões, correções e contato: contato@progcast.com.br

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Curta a fanpage do Progcast no Facebook

ASSINE NOSSO FEED AGORA

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

Rhamses

Palpiteiro de mídias sociais, Designer de interfaces, Podcaster e Microblogger. Apreciador de boa música, mas roqueiro acima de tudo.

12 respostas para “Progcast #22 – The Final Experiment II: Os portões nucleares do castelo elétrico”

  1. Segundo melhor Album do Ayreon, perde apenas pro The Human Equation que é uma divindade, e é um poukinho melhor que o 01011001. Mas os 3 merecem 10.

  2. "Depois vejam o vídeo colocado no post" u.u

  3. Andrew disse:

    Into the Electric Castle, sem palavras pra esse album.

    O episódio ficou muito bom mesmo, todas as informações possíveis do album foram extraídas para ele, qualidade fina! =D

    E o melhor ainda desse episódio é que divulga ainda mais todo o trabalho do Lucassen, porque ele é o cara! O cara que me respondeu duas vezes no twitter! o/

    E só pra finalizar, eu recomendo aqui o novo album do Star One que ta do caralho também.

  4. Andrew disse:

    Ah, já aproveitando pra mandar algumas das músicas que mais ouço segundo meu last.fm pra esse futuro progcast de fim de ano:

    God Is an Astronaut – Suicide by Star
    Yes – And You And I
    Arcade Fire – No Cars Go
    Kansas – Carry On Wayward Son
    Pink Floyd – Comfortably Numb (Live PULSE)
    The Dillinger Escape Plan – Gold Teeth on a Bum
    Porcupine Tree – Trains
    Star One – Human See, Human Do

    Chega! =P

  5. Fábio disse:

    Apesar de o último do Ayreon ter o Daniel Gildenlöw (HEHEHE), o melhor mesmo é o The Human Equation. O foda dos projetos do Arjen é que eles são MUITO épicos. Toda hora tem um refrão cheio de vozes sobrepostas, cheio de cordas, de solos enormes. Não é toda hora que funciona isso, e o Arjen nunca soube dosar esse tipo de artifício mesmo. Os riffs são legais, as linhas vocais são legais, mas as vezes não encaixa direito. Isso vale tanto pra Ayreon quanto pra Star One. Sem contar que o Arjen não sabe finalizar músicas né? Ouçam o final de Dawn of a Million Souls e entendam o que estou falando, haha.

  6. Po, fiquei até sem graça porque não conhecia o Ayreon, na verdade já tinha ouvido numa rádio online mas nem sabia da grandiosidade da obra, com certeza vou procurar os albuns.

    Quanto ao podcast achei q deixou um pouco a desejar, acho que pra quem não conhecia o(s) album(ns) em questão ficou difícil entender o que estavam falando. Talvez seja interessante vocês comentarem sobre o album com outra visão que não seja especificamente a visão de superfã, não sei de deu pra entender.

    Acho que isso que separa os fãs (inteligentes) de bandas grandiosas do progressivo das fãs histéricas do justin bieber por exemplo, saber discutir sem dar uma de "fã doentão".

    Grande abraço

  7. Lucas N disse:

    Gerando polemica no progcast!!! podemos fazer algum acordo (tipo programa do ratinho, ta ligado?), armar uns barracos p gerar audiência! hahahaha

    Mas.. mudando de assunto e de cast…

    Me surpreendi com este programa, nao havia gostado muito daquele album que vcs apresentaram no outro cast sobre o Ayreon. Ainda to demorando um pouco p digerir, cada vez que escuto noto alguma coisa nova.

    Entao, deixando algumas indicações:
    Tool – Lateralus
    Frank Zappa – Muffin Man
    Cynic – How could I
    Cosmic messenger – Jean Luc Ponty

  8. Danilo "Cureza& disse:

    Legal que o pessoal que não conhecia tava ouvindo!
    😀
    Um dos objetivos principais é esse

    Abraços

  9. Fábio-PoSBras disse:

    Opa, olha eu aqui de novo. Estou me caracterizando já por postar 2 vezes: Um antes de ouvir e outro DEPOIS de ouvir o cast! hahah. Bem, agora já ouvi e realmente ficou BEM denso e muito específico, o que fez com que quem não conhecesse pudesse ficar moscando em alguns momentos. Eu conheço Ayreon há vários anos (quase uma década já, putz…) mas não estava familiarizado com a mitologia dos discos, mesmo porque nem curto muitos os primeiros, gosto mais a partir do Universal Migrator e pelo que ouvi nesse cast, não me interessei muito pela história também. Não sou grandes fã de literatura ou histórias de fantasia, então só escuto Ayreon pela música mesmo. Porém, foi bom para conhecer, mas ainda acho o Human Equation o melhor dele, e está até no meu top 10 de melhores CD's EVER. Quando forem fazer o do Human Equation, quero participar só pra ficar pagando pau, haha. Abraço!

  10. Tiago Sampaio disse:

    Olá. Gostaria de saber se os podcasts de vocês não possuem integração com o iTunes, para ser baixado automaticamente por lá.

    Obrigado

  11. Muito legal esse espisódio onde vocês continuam essa conversa sobre o Ayreon, da qual tive o prazer de participar da primeira parte dessa série. Esse album é muito bom e mostra o quanto o Arjen entendeu que poderia continuar uma história muito boa e que deu alguns bons resultados.
    Ultimamente venho atrasando um pouco nos comentários porque o tempo tá curto, mas faço o possível pra dar uma opinião, e tambem "evangelizar" alguns colegas meus.

    P.S.¹: Ao contrário do que disse nosso amigo Danilo, acho que o James LaBrie canta melhor no DT do que ele fez no Ayreon. Mas mesmo assim ficou muito bom.

    P.S.²: Faço a sugestão de apenas duas musicas para o especial de fim de ano, se um dia ele realmente aparecer. A primeira é uma que sugiro para ser tocada no Progcast do dia 18/12 ou no do dia 25/12 (isso se vocês não tirarem férias). A musica é "6:00" do Dream Theater (hehehe), que todos os fãns freaks gostam de ouvir às 6:00 da manhã do dia de Natal.

    A outra é de uma banda que tem um estilo muito estranho, mas que me agradou. Indico "Wonderlust King" de Gogol Bordello. Parece de maluco, talvez seja, mas é "very cool".

    P.S.³: Esse foi o meu comentário mais longo ever. Espero não repetir isso das próximas vezes.

  12. […] Progcast #22 – The Final Experiment II – Os portões nucleares do castelo elétrico […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *