Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Progcast #11 – The Mars Volta: Até Marte… E de volta outra vez




Saudações Proggers!

Sejam bem vindos a mais uma edição da sua dose semanal de Rock Progressivo

Neste episódio, falamos sobre muito ópio e muita loucura que são as bases da banda The Mars Volta

Contando com a presença do nosso primeiro convidado “especialista”, o Esfínctor, que participou dando a sua opinião a respeito dos albums e das músicas principais deste grupo multietnico progressivo.  Falamos também sobre cada álbum da curta carreira da banda e tentamos desvendar da onde eles tiraram tanto networking para compor um time de primeira linha para a gravação de seus discos, além das grandes bizarrices que envolvem o mundo ácido de seus compositores.

Sugestões da semana

  • Banda Bacamarte
  • AcllA

Comentado no episódio

Reproduzir

Comentários, sugestões, correções e contato: contato@progcast.com.br

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Curta a fanpage do Progcast no Facebook

ASSINE NOSSO FEED AGORA

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

Rhamses

Palpiteiro de mídias sociais, Designer de interfaces, Podcaster e Microblogger. Apreciador de boa música, mas roqueiro acima de tudo.

8 respostas para “Progcast #11 – The Mars Volta: Até Marte… E de volta outra vez”

  1. Andrew disse:

    O álbum Depois do Fim do Bacamarte é realmente fodasso. E só pra constar, também foi lançado o álbum Sete Cidades de 1999, só que soou mais como um album solo do Mario Neto, o mentor da banda.

    Os dois primeiros albuns do Mars Volta são incríveis, os outros só gosto de umas músicas separadas.
    Em estúdio a banda é foda. Ao vivo eu acho ridículo, e essas maluquices e fritações as vezes são muito desagradaveis.

    E sim, o som do episódio ficou muito bom!

    Aproveitando vejam esse vídeo, e notem no minuto 1:50 pra frente. Hahahahhaha
    [youtube =http://www.youtube.com/watch?v=yHYYu6uuOU8&hl=pt_BR&fs=1?rel=0]

  2. Lucas N disse:

    Saudações!
    Realmente, o som melhorou bastante e vcs encontraram o volume ideal para as músicas que rolam no fundo, da pra escutar sem deixar de entender oq vcs falam.
    Mas a banda…. ah, cara, não desceu nem com ENO. Dessa vez a comparação com Slipknot foi elogio! hahahah
    E sobre bandas brasileiras (não lembro se já indicaram aqui), vale a pena dar uma conferida em Quaterna Réquiem, principalmente o album Velha gravura. Influencia carregada de ELP e música clássica.

  3. Caro Rhamsés, como eu gostaria que Umuarama fosse uma cidade progressiva. Aqui só tem uns otários que nunca viram um cavalo de perto na vida e dão uma de cawboy. Sem contar os "manos" que lotam as ruas dessa cidade, ouvindo rap no celular sem fone. Na faculdade que estudo, acho que sou um dos unicos que ouço esse estilo. Mas fazer o que???
    Quanto ao progcast #11, não conhecia The Mars Volta, mas é uma banda legal, vou procurar conhecer mais.
    Ainda não escrevi o review do cd da banda Sub Rosa porque ele ainda não chegou, mas já baixei todas as músicas no site deles e pqp, que albúm foda. Muito bom mesmo. Bandas assim deveriam ter mais incentivos das gravadoras, mas como elas preferem encher a cabeça da nossa juventude com "cores", se você me entende, raramente uma boa banda cresce.

    Até mais, e obrigado pelo progcast!!!

  4. Lucas N disse:

    Heverton, sou de Maringá (fica ai do lado). Sei exatamente o que vc está falando!
    Ah, e sobre o Black Sabbath, paranoid é um lixo mesmo. E, na minha opniao, a maior parte da discografia deles tambem. Mas vale lembrar que têm dois albuns em que eles dão uma flertada com o prog, Volume 4 e Sabbath bloody, inclusive, o segundo, contando com a participação de Rick Wakeman! Muito bons, mesmo.

  5. Ah, mas ai o caso é a cultura brasileira, de imitar as coisas principalmente estadunidenses. Pode ir em qualquer cidade por ai que tera menininhas que curtem restart, supostos manos com seus Raps no mp4, e dependendo da cidade o que predomina é o sertanejo, que acho bem melhor do que esses caralhos ai. Pelo menos sertanejo da pra falar que é musica.

  6. Andrew disse:

    O Brasil é a terra do samba e derivados, então não adianta querer muita coisa mesmo.
    Agora sobre essas "bandas" (se é q pode se chamar assim) são criação dessa mídia porca, e que o povo brasileiro a segue como se fossem escravos. Então a música boa está aí, só que um pouco escondida da gente.

    Falando nisso, parece que o Rhamses curte MALLU MAGALHÃES! Não vou criticar porque eu mal conheço as músicas dela, mas que ela é meio retardada, ela é! kkkkkkkk

  7. Lucas N disse:

    HAhahahaHhahAHhA
    Po!,Rhamses, já tinha soltado (meio sem querer) esse lado MTV em uns dois progcast, mas Malu Magalhãe?!

  8. Rroio disse:

    Eu nem queria falar nada, mas o Rhamsés já foi completamente apaixonado pela Mallu Magalhães uns 2 anos atrás, heim

    HUAHUAHUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *