Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Nickelback – “Here And Now”


Uma banda que divide muitas opiniões por aí, os canadenses do Nickelback foram um sucesso estrondoso aqui no Brasil na época de “How You Remind Me” tocando incessantemente nas rádios e TV, e desde então, parece que o brasileiro adquiriu um ódio incontrolável perante a banda. Porém, no resto do mundo (principalmente nos EUA e no Canadá), a popularidade do quarteto continua no topo, considerando que os seus últimos dois álbuns estrearam no topo dos charts e já foram multi-platinados.

Pois bem, em 2011 eles voltam com “Here And Now”, sétimo álbum de estúdio, agora pela Universal Music/Roadrunnerd, que, apesar das críticas meio controversas, manteve o nome da banda em evidência, estreando nas primeiras posições em vários países.

“This Means War” abre o álbum com um clima até bem mais Rock n’ Roll do que se espera, algo que a banda apostou bem no “All the Right Reason” e deixou um pouco de lado no Country/Pop/Semi-Rock “Dark Horse” (que também é um cd bem divertido), assim como na seguinte “Bottoms Up”, que tenta soar toda bad boys e falha miseravelmente, apesar de ser uma música até legal, com direito a um bom solo de guitarra, algo raro no Nickelback. O single “When We Stand Together” é a típica semi-balada-pop-terceira-faixa dos álbuns deles, e como de costume, é uma ótima faixa, que fica por dias na sua cabeça (ou seja, cumpre bem seu papel) e até ganhou um vídeo oficial muito bem feito, enquanto “Midnight Queen” cai no mesmo erro lírico da segunda música: querer soar algo que eles definitivamente não são. Afinal de contas “I’m in a bar full of bikers and a handful of junkies” faz você imaginar Chad Kroeger com seu penteado de chapinha em um bar barra pesada? Não né? Tirando isso, é uma das músicas mais pesadas do álbum e com certeza vai ser um dos pontos altos nos shows deles. “Gotta Get Me Some” tenta manter o clima cretino das músicas lá em cima e é até um Hard Rock divertido, mas com um pé no Pop que pode incomodar algumas pessoas (ela praticamente pede por um remix).

E por falar em um pé no Pop, “Lullaby” é uma baladinha até bonita, daquelas feitas para entrarem na trilha sonora de filmes românticos ou em novelas aqui no Brasil, enquanto “Kiss It Goodbye” vai totalmente para o outro lado com sua letra politicamente incorreta, mas não chega a empolgar completamente (parece que falta um ritmo melhor na música). E pode soar um pouco apelativo, mas “Trying Not To Love You” é mais uma balada para adolescentes apaixonados cantarem para suas namoradas, assim como “Holding On To Heaven”, que tem o seu clima anos 90 e ao mesmo tempo é uma música insuportável. “Everything I Wanna Do”, mais calma e arrastada parece uma repetição de outras letras do álbum e acaba soando como mais uma aqui, o mesmo acontecendo com “Don’t Ever Let It End”, que mesmo grudando na sua cabeça por um tempo, não tem um apelo de uma “Rockstar” ou “This Afternoon”, que fecharam os discos anteriores com um bom ponto fora da curva.

Esses dias eu li em algum lugar que o Nickelback era o sertanejo universitário dos EUA. Bom, exageros a parte e considerando que eles são canadenses, não é uma afirmação completamente errada, certo? Considerando a sonoridade Post-Grunge/Hard Rock que eles tinham nos primeiros álbuns, hoje em dia a banda não faz a mínima questão de esconder que tocam Pop, com alguns lances de Rock n’ Roll e até Country, porque não. É cretino? Comercial? Mainstream? Mais do mesmo? Sim, claro que é. Mas ao mesmo tempo tem músicas bem legais e descompromissadas para se ouvir na hora certa.

01. This Means War
02. Bottoms Up
03. When We Stand Together
04. Midnight Queen
05. Gotta Get Me Some
06. Lullaby
07. Kiss It Goodbye
08. Trying Not To Love You
09. Holding On To Heaven
10. Everything I Wanna Do
11. Don’t Ever Let It End

Lineup:

Chad Kroeger – Vocal / Guitarra
Ryan Peake – Guitarra
Mike Kroeger – Baixo
Daniel Adair – Bateria

Nota 6

Nickelback

Here And Now Nickelback

Tracklist

Lineup

Rroio

Viking oriental colecionador de discos, músico frustrado e um eterno incansável explorador dos mais obscuros confins do mundo da música.

7 respostas para “Nickelback – “Here And Now””

  1. Helisandro disse:

    Puts, realmente a "When We Stand Together” é grudenta hehehe. To com "Hey eie… Hey eie… " na minha cabeça.

  2. Suh disse:

    Como assim os brasileiros odeiam o Nickelback??

    Cara, a banda eh uma das melhores da atualidade, tanto eh que ganharam/ganham vaarios premios por ai.

    Sim, concordo, o estilo deles mudou muito de Curb pra ca, mas eh o caminho que eles apostaram e deu certo.

    Mas fala serio, chamar Holding On To Heaven de insuportavel?? Putz, meu…

  3. ello disse:

    Nossa, amo meu Nickelback *-*

  4. ello disse:

    When We Stand Together, pra mim uma das melhores

  5. tubilsa disse:

    Nickelback sao os maiores….Lullaby e muito especial para mim, esse album esta nota 10

  6. Rodrigo disse:

    Banda perfeita…ainda não vi um album ruim desses caras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *