Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Behold! The Monolith – “Defender | Redeemist”


Uma das bandas mais pesadas do Doom / Stoner atual, esse trio americano está elevando o nível de sujeita e densidade dos riffs mórbidos dessas vertentes a um outro patamar, cada vez mais psicodélico.

Após o muito bom, mas ainda desconhecido para a maioria, debut auto intitulado, o Behold! The Monolith retorna com “Defender | Redeemist”, um disco ainda mais destruidor, viajante e dinâmico,

Após a introdução épica de “Guardian’s Procession”, “Halv King” traz uma verdadeira tormenta de riffs graves, sujos, pesados, com uma pegada que corre naturalmente entre o Motörhead e o Black Sabbath, já abrindo um sorriso na cara de qualquer fã de Stoner. Distorcida ao máximo, “Desolizator” traz passagens em tempos musicais inusitados, que combinados com a voz cheia de efeitos, dão uma sensação psicodélica e tensa ao mesmo tempo incrível (interessante notar também que a banda flerta em vários momentos com o Death Metal – europeu, principalmente). Por falar em psicodelia, ela está muito bem inserida também na arrastada “Redeemist”, onze minutos do mais mórbido, soturno e profundo Doom/Stoner, carregado de vocais guturais, que a tornam a mais espetacular e completa faixa do trabalho.

“We Are The Worm”, com seu título genial, é um Rock n’ Roll rápido e com melodias bem “desarmônicas” nas partes vocais, o que incrivelmente encaixaram muito bem na proposta da banda, lembrando em vários momentos os primeiros discos do Mastodon. Arrastada e calcada nos modelos mais clássicos do Doom Metal, “Witch Hunt Supreme” não deve em nada para as bandas mais extremas quando quer soar gélida, como pode ser conferido também na parte inicial de “Cast On The Black / Lamentor / Guided By The Southern Cross”, claramente dividida em três períodos sensacionais, explorando os estilos “base” que formam o som do Behold! The Monolith de forma belíssima e técnica. Não bastasse toda essa viagem, o disco ainda trás “Bull Colossi”, com seu acento bem Heavy Metal e Sludge, novamente flertando com o que algumas bandas novas de Black Metal vêm fazendo, além da ótima parte instrumental de encerramento, que deixam uma sensação ao mesmo tempo gratificante e esquisita.

Uma banda que transita de forma incrível entre o Doom e o Stoner, em “Defender |Redeemist” leva a sonoridade do Behold! The Monolith a um patamar mais extremo e heterogêneo, criando uma identidade única no som dos caras, colocando-os lado a lado dos maiores novos nomes desses estilos (que anda em alta nos EUA e na Europa, resgatando as melhores coisas dos anos 70).

01. Guardian’s Procession
02. Halv King
03. Desolizator
04. Redeemist
05. We Are The Worm
06. Witch Hunt Supreme
07. Cast On the Black / Lamentor / Guided By The Southern Cross
08. Bull Colossi

Lineup:

Kevin McDade – Vocal / Baixo
Matthew Price – Guitarra
Chase Manhattan – Bateria

Nota 9

Behold-The-Monolith

Defender | Redeemist Behold! The Monolith

Tracklist

Lineup

Rroio

Viking oriental colecionador de discos, músico frustrado e um eterno incansável explorador dos mais obscuros confins do mundo da música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *