Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Audra Mae And The Almighy Sound – “Audra Mae And The Almighy Sound”


Foi cantando Bob Dylan e trabalhando junto com Susan Boyle, que Audra Mae conseguiu o espaço (e dinheiro) necessário para mostrar todo o seu talento. A compositora e cantora nascida em Oklahoma, que chegou em Los Angeles em 2009 com a cara e a coragem lançou no começo deste ano seu segundo, e muito aclamado, trabalho auto entitulado de Audra Mae And The Almight Sound.

Com uma voz, e aparência, que me lembram muito a de Janis Joplin, Audra Mae, junto com a sua banda de apoio, colocaram de forma muito peculiar elementos do Blues, do Folk e do Country para criar um rock com letras diretas mostrando muita personalidade mas sem perder o clima de bom humor e de animação que impera em todas as músicas.

O disco abre com a excelente The Real Thing, que em pouco tempo mistura um blues animado no refrão, que gruda imediatamente na sua cabeça, e uma linha de baixo pautando a voz forte e meio rasgada de Audra Mae nos versos, enquanto a letra simples e divertida impulsiona toda uma energia e positiva e faz as pernas querem dançar (porque não?).

Em seguida, My Friend The Devil começa a tocar, e a parceria com Dan Wilson não poderia ser melhor. Uma balada country, recheada de “palminhas” e meia luas ao fundo,  que mostram o lado mais melódico de toda a banda, e a incrível interpretação da letra que chega a cortar todo o bom humor que a música anterior tinha passado.

A agitada Little Red Wagon é uma das minhas preferidas. Outra vez, com o blues a flor da pele, com o piano e a guitarra fazendo uma combinação perfeita com suas linhas curtas e repetida e com um arranjo que me lembra muito o clima dos bailinhos de antigamente, a música é dedicada ao antigo carro de Audra Mae, um Dogde Dart vermelho. (e por algum motivo me lembra do filme do John Travolta, eu sei nonsense).

Annie Get Your Gun é mais uma balada que quebra de novo um pouco o clima animado que a música anterior trouxe de volta. Vale a pena ouvir o dueto de voz de Audra Mae e o guitarrista, mas mesmo assim continua sendo o ponto baixo do disco.

Mergulhando novamente no country, I’m a Diamond é uma música que traz aos ouvidos todo o clima faroeste que vemos em filmes, destaque para as linhas de guitarra que me transportaram diretamente à um saloon no meio do deserto americano. Todo esse clima se completa com a interpretação meio melancólica da letra que faz uma relação com a vida de um alguém que passou a vida atrás daquela pedra.

Smokin The Boys é mais uma canção agitada, com o blues rolando solto. O grande destaque é a Audra Mae voltando a dar  seu máximo de energia para transformar essa em mais uma música animada, fazendo mais um refrão grudar na cabeça facilmente.

Old Italian Song é uma das mais bonitas canções desse disco. Justificando o rótulo de “Diva” que vem recebendo da imprensa estrangeira, Audra interpreta a letra de forma espetacular, com muita base nas grandes divas dos anos 50 e 60, passando um sentimento verdadeiro por entre os versos.

Em homenagem a seu pai e a toda uma geração de trabalhores que ela viu agir, Ne’er Do Wells homenageia aqueles que fazem as coisas acontecerem ao mesmo tempo que tenta trazer um à tona uma reflexão a cada um de nós, que pra mim pareceu um pouco forçado (demais), mas que não estraga a música por conta do instrumental muito bem trabalhado.

Climb e Jebidiah Moonshine’s Friday Shack Party animam bastante e fazem das palminhas um grande diferencial em seus arranjos de blues que prevalecem sobre as letras.

O disco fecha com Two Melodies, uma balada folk que faz ode ao clichê “prefiro ser pobre e ter o que dizer, do que rico sem nada na cabeça”, mais uma das tentativas de ser uma “filósofa” musical, o que acaba um pouco com a graça do fim do disco. Mesmo assim Audra Mae And The Almight Sound é um ótimo trabalho musical como um todo, que soube mesclar vários elementos com uma voz potente em apenas um disco, vale a pena ouvir.

Tracklist:

01. The Real Thing

02. My Friend The Devil

03. Little Red Wagon

04. Annie Get Your Gun

05. I’m a Diamon

06. Smokin The Boys

07. Old Italian Love Song

08. Ne’er Do Wells

09. Climb

10. Jebidiah Moonshine’s Friday Night Shack Party

11. Two Melodies

Line Up:

Audra Mae – Vocais

Joe Ginsberg – Baixo

Jarrad Kritzstein – Guitarra e Violão

Frank Pedano – Piano

Kiel Feher – Bateria

Nota: 9

Capa do album Audra Mae And The Almight Sound

Audra Mae And The Almighy Sound Audra Mae And The Almighy Sound

Tracklist

Lineup

Rhamses

Palpiteiro de mídias sociais, Designer de interfaces, Podcaster e Microblogger. Apreciador de boa música, mas roqueiro acima de tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *