Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Veil Of Maya – “Eclipse”


Formada em Illinois em 2004, a proposta do Veil Of Maya era tocar algo que ficasse entre o Deathcore e o Technical Death Metal, mistura que algumas bandas como o Born Of Osiris tornaria um pouco mais popular nos anos seguintes.

“Eclipse” é o seu quarto (e curtíssimo) álbum e foi composto em conjunto com o guitarrista Misha Mansoor, do Periphery.

A introdução “20/200” já mostra o que predomina no disco: passagens matematicamente quebradas e intrincadas naqueles timbres bem Metalcore, que predominam em “Divide Paths”, aonde além dos ritmos complexo a banda aposta em passagens mais extremas, flertando com o Deathcore em alguns momentos. Extremamente elaborada, “Punisher” se aproxima bastante dos momentos mais pesados do Protest The Hero no início da carreira, mas direcionada com foco aos tempos rítmicos e menos na questão progressiva, enquanto que em “Winter Is Coming Soon” a banda prefere apostar em passagens melódicas (sem deixar a complexidade de lado, tampouco os vocais guturais), o mesmo acontecendo em “The Glass Slide” e seu ritmo mais cadenciado e um flerte com linhas alternativas, em uma das melhores composições do álbum.

Outra grande faixa é “Enter My Dreams”, que caminha muito bem entre o Deathcore e o Math Metal, cheia de efeitos eletrônicos e um pouco mais melódica, como em “Numerical Scheme”. “Vicous Circles”, por outro lado, é totalmente calcada no Metalcore mais característico, com direito a alguns riffs bem Heavy tradicional e uma batida menos extrema, que se repete também em “Eclipse” faixa instrumental bem climática que antecede a última música “With Passion And Power”, que mais parece saída de um disco de Death Metal clássico, não fossem as passagens mais quebradas, é o momento mais diferenciado do trabalho, bem interessante.

A capacidade técnica do Veil Of Maya é indiscutível: a quantidade de riffs e os tempos inusitados em que eles são executados exige habilidade considerável de seus músicos. Mas mesmo assim, a banda não apresenta relativamente nada novo no seu som, se perdendo um pouco no marasmo que o Metalcore se tornou nos últimos anos, com o boom de dezenas de bandas, algumas mais inovadoras, outras dentro da zona de conforto. Sim, podemos ver que eles tentam incluir alguns elementos como efeitos eletrônicos, passagens extremas e o a mescla com Math Metal, mas o resultado atingido em “Eclipse” ainda não é o suficiente para colocá-los no mesmo patamar dos grandes nomes do estilo.

Veil Of Maya

Eclipse Veil Of Maya

123

Tracklist

01. 20/200
02. Divide Paths
03. Punisher
04. Winter Is Coming Soon
05. The Glass Slide
06. Enter My Dreams
07. Numerical Scheme
08. Vicious Cycle
09. Eclipse
10. With Passion And Power

Lineup

Brandon Butler - Vocal
Marc Okubo - Guitarra
Danny Hauser - Baixo
Sam Applebaum - Bateria
Rroio

Viking oriental colecionador de discos, músico frustrado e um eterno incansável explorador dos mais obscuros confins do mundo da música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *