Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Mogwai – “Hardcore Will Never Die, But You Will”


Um dos primeiros lançamentos de 2011 é o álbum de uma das mais importantes e expressivas bandas do cenário post-rock, trata-se dos escoceses do Mogwai que ao longo de sua carreira trouxe diversos trabalhos grandiosos que acabaram surpreendendo críticos com um novo estilo de fazer música instrumental.

Hardcore Will Never Die, But You Will (nome no mínimo interessante, assim como vários outros que o Mogwai já criou.) pode facilmente representar uma “tour” por tudo que a banda já fez nesses muitos anos de carreira. Portanto fãs não irão se surpreender em nada no que esse álbum tem a apresentar, apenas apreciar a sonoridade típica já cadenciada em álbuns anteriores. Talvez a única mudança certa é que eles estão cada vez mais abandonando a agressividade e aderindo à momentos mais calmos e viajantes.

O sétimo álbum do Mogwai já se inicia com o objetivo de transportar o ouvinte ao estado ideal para poder apreciar o restante do trabalho, e isso já algo típico da banda.
Ok. Ouvinte já no clima, hora de acelerar essa viagem lisérgica com “Mexican Grand Prix”. Uma faixa que é mais agitada, porém não deixa o lado viajante escapar. Ela vem acompanhada de vocais quase inaudíveis, técnica mais conhecida como shoegaze.
Logo em seguida temos a que pra mim é a melhor faixa do disco, e que será mais para frente indispensável numa possível coletânia da banda. “Rano Pano” tem os ingredientes exatos para poder mudar seu estado mental, nem que seja para pior! Em seguida a bela “Death Rays” e a pulsante “San Pedro” nos trazem as típicas guitarras arrastadas mesmo que sejam em menor escala.

Que o Mogwai sempre usa um pouco de vocais em suas músicas, isso todos sabem, mas acho que há um limite, principalmente em “Geoge Square Thatcher Death Party” onde esse estilo robótico já talvez não seja tão bem-vindo até esse caminho percorrido. No mesmo feeling “How To Be A Werewolf” nos leva há uma sentimento nostálgico imenso, e isso é definitivamente muito bom!

A fria e ao mesmo tempo fervorosa “Too Raging To Cheers” tem o clima perfeito para anteceder a última e maior faixa do disco com um nome bem sugestivo: “You’re Lionel Richie”. Com o uso de samples no início, a música vai se arrastando até obter peso, ainda obedecendo o riff principal que irá te guiar até o fim desta viagem.

O objetivo claro deste álbum é nos transportar por diversas paisagens e atmosferas, e ao final de tudo isso termos aquela sensação de nostalgia, que queríamos sentir isso novamente, ou talvez apenas se esconder no meio dessas camadas sonoras para sentir aquele dia que já nasceu escuro.

Boa viagem!

01. White Noise
02. Mexican Grand Prix
03. Rano Pano
04. Death Rays
05. San Pedro
06. Letters to the Metro
07. George Square Thatcher Death Party
08. How to Be a Werewolf
09. Too Raging to Cheers
10. You’re Lionel Richie

Line-up:

John Cummings – Guitarra
Stuart Braithwaite – Guitarra
Barry Burns – Guitarra e Teclados
Dominic Aitchison – Baixo
Martin Bulloch – Bateria

Nota: 9

Hardcore Will Never Die, But You Will Mogwai

Tracklist

Lineup

Andrew Rosario

Uma resposta para “Mogwai – “Hardcore Will Never Die, But You Will””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *