Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Neal Morse – “Testimony 2”


Neal Morse depois que abandonou o Spock’s Beard para trilhar sua carreira solo, virou alvo de várias críticas, mas o caso aqui não é musical. O motivo do ódio mútuo vem depois de Morse se converter ao cristianismo e aplicar todo esse tema em sua música, infelizmente muitos acabam torcendo o nariz para sua carreira solo sem ao menos analisar seus álbuns sem preconceito. Aliás, uma carreira de belíssimos álbuns, grandes peças do progressivo de hoje.

Seu primeiro álbum oficial foi lançado em 2003, intitulado “Testimony”, vindo nada mais, nada menos que em disco triplo, recheado de épicos divididos em partes, mais especificamente 5 partes. Muito bem avaliado pelos verdadeiros críticos de rock progressivo. Pois então que agora em 2011, Neal Morse decide continuar esta trajetória com a segunda parte de “Testimony”.

Contra a música de qualidade não há argumentos. “Testimony 2” é isso. Seguindo os mesmos moldes do disco 1, com épicos divididos em partes, essas partes divididas em mais partes! Muito bem divididas pois cada uma tem sua identidade, são diferentes uma das outras mas quando ouvidas juntas, a sensação é realmente de uma música só. Morse acertou em cheio neste ponto porque nem sempre é agradável ouvir uma música de mais de 20 minutos.

O começo é de onde parou, ou seja, começamos na Part Six. O destaque é absoluto para a suite inteira, quatro partes bem variadas com destaque para o instrumental matador de “Overture No. 4” (continuação também) e o fim épico com “Jayda”. Momentos onde a voz é predominante, muito de Gentle Giant, um baixo totalmente a vontade seguida de quebras rítmicas pesadas que dão um brilho a essa diversidade progressiva. Uma faixa excelente.

A Part Seven já chega na mesma vibe, é dividida em mais quatro partes. “Nighttime Collectors” é bem divertida enquanto “Time has come Today” tem o instrumental apurado, com destaque para o grande trabalho na guitarra. “The Truth Will Set You Free” é um dos picos do álbum. Aliás, como Neal Morse sabe fazer músicas/partes incríveis de encerramento! Com um clima de nos jogar dentro de um julgamento ou algo parecido, as orquestrações vão nos guiando junto com o passar da música.

Para encerrar esse papo de partes, a oitava e última nos dá mais 32 minutos de degustação do mais poderoso Prog. Apesar delas aqui serem de maior duração um dos destaques é a curta “Road Dog Blues” com uma influência mais pop e isso é muito bom, porque por mais que você seja um Progger dos mais conceituados, toda essa complexidade cansa uma hora. Mas isso não quer dizer que devemos abandoná-la totalmente. Para finalizar tudo temos “Crossing Over / Mercy Street Reprise”, de beleza sem igual. A reprise de “Mercy Street” ainda deixa em aberto uma possível oportunidade de um Testimony 3.

E para quem pensa que acabou, Neal Morse ainda preparou o CD2, separado das partes, contém mais três faixas, incluindo a épica “Seeds of Gold”  com exatamente meia hora de duração, uma das melhores composições de toda sua carreira, ela é completa, um toque que guia toda a grandiosidade deste álbum.

Seja no Spock’s Beard, Transatlantic, carreira solo ou em qualquer outro projeto, o incansável e talentosíssimo Neal Morse sempre nos trás o maior exemplo de qualidade fina em cima do rock progressivo, independentemente de sua religião ou forma de pensamento, seu talento é inegável.

Testimony 2 Neal Morse

12345

Tracklist

CD 1
Part Six:
1. Mercy Street
2. Overture No. 4
3. Time Changer
4. Jayda
Part Seven:
5. Nighttime Collectors
6. Time has come Today
7. Jesus' Blood
8. The Truth Will Set You Free
Part Eight:
9. Chance of a Lifetime
10. Jesus Bring Me Home
11. Road Dog Blues
12. It's For You
13. Crossing Over / Mercy Street Reprise

CD2
1. Absolute Beginner
2. Supernatural
3. Seeds of Gold

Lineup

Neal Morse - Vocal / Piano / Sintetizadores
Randy George - Baixo
Mike Portnoy - Bateria
Andrew Rosario

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *