Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Neo Partus “Deixados Para Trás” 2013 #011


The Custodian – Necessary Wasted Time

A proposta musical do The Custodian é muito simples: rock progressive básico, pastoral, totalmente acústico, aonde o papel das guitarras é muitas vezes substituído pelas linhas de teclado, quando ela não aparece para soltar algum solo ou outro. Ok, talvez não seja totalmente acústico. No fim, são canções bem tranquilas e agradáveis, mas que vistas como um todo, acabam soando um tanto quanto enjoativas, pela pouca variação.

01. The Man Out Of Time
02. Stop Talking
03. Other People’s Lives
04. Persona
05. Things We Tell Ourselves
06. Departure
07. The Sun Is God
08. Necessary Wasted Time

F – vocal / bateria / sintetizador
A – guitarra
P – violão
J – baixo

Nota 3/5

————————————————————————————————————————————

The Moth Gatherer – A Bright Celestial Light

The Moth Gatherer é um duo sueco experimental que segue mais ou menos a linha das bandas do selo Trust No One (a saber, nomes como Switchblade e Terra Tenebrosa), atravessando sonoridades contemplativas e outras de puro caos sonoro. Ainda que A Bright Celestial Light seja apenas o seu debut, é possível encontrar ótimos momentos de post metal e sludge, notando um severo e bem vindo esforço para soar único.

01. The Water That We All Come To Need
02. Intervention
03. A Road of Gravel and Skulls
04. The Womb, The Woe, The Woman
05. A Falling Deity

Alex Stjernfeldt
Victor Wegeborn

Nota 4/5

————————————————————————————————————————————

The Phantom Carriage – Falls

ThePhantomCarriage_Falls

Com o nome tirado de um dos maiores clássicos do cinema sueco, o The Phantom Carriage é uma das bandas mais mórbidas que vocês ouvirão em 2013. Com um híbrido entre black metal e hardcore, a música presente no seu segundo álbum, Falls carrega ainda boas doses de sludge e crust, com uma produção simples que catalisa a confusão sonora em alguns momentos. Uma experiência e tanto.

01. Today We Stand
02. Mistakes & Fixes
03. Dreamers Will Never Stop Dreaming
04. About Being A Father
05. Since We Can’t Forget Who We Are
06. Rejuvenation
07. The Time
08. Devils, Gods, Us

Tieu – vocal
Max Renaud – guitarra
Antoine Villard – guitarra
Yann Suraud – baixo
Simon Libaud – bateria

Nota 3,5/5

————————————————————————————————————————————

The Soft Hills – Chromatisms

Classificado como prog folk, na realidade o The Soft Hills está mais para um indie, com bons toques de psicodelia, southern e sons ambientes, apenas com um pouco da acidez da década de 60. Chromatisms é um álbum ligeiramente divertido, que remete à uma versão um pouco mais melancólica e experimental do Bando f Horses, mas nada muito além disso.

01. Riding High
02. Sweet Louise
03. Marigolds
04. Dear Mr Moonlight
05. Payroll
06. Un
07. Horse & Carriage
08. The Gifts You Hide
09. Mighty River
10. Desert Rock

Brett Massa – baixo / guitarra
Garrett Hobba – vocal / guitarra / piano
Randall Skrasek – bateria / moog
Matthew Brown – guitarra / lap steel

Nota 3/5

————————————————————————————————————————————

The Vacant Eyes – Spheres

Direto da República Tcheca, The Vacant Eyes pode se enquadrar como mais uma das crias do Meshuggah: riffs complexos nas guitarras de oito cordas, vocais cuspidos sem dó, sem cair na sina de ser uma banda de djent. Porém, o que realmente os diferencia é a inclusão de bens dosados elementos de post rock, dando um teor atmosférico inteligentemente presente nas composições. Spheres é apenas o seu disco de estreia, e definitivamente já tem algo a dizer.

01. Dread Genesis
02. No Inner Conflict
03. Silhouettes
04. Black Lodge
05. Ephialtes
06. Awaken
07. Grief
08. Outrun the Shadows
09. Collision
10. Signs & Portents
11. Enter the Sphere

Jens – vocal
Dima Alivanov – vocal
Martin Bejšovec – guitarra / baixo / teclado
Jakub Jedinák – guitarra
Jakub Veselý – baixo
Adam Bejšovec – bateria

Nota 3,5/5

Rroio

Viking oriental colecionador de discos, músico frustrado e um eterno incansável explorador dos mais obscuros confins do mundo da música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *