Progcast - Sua Dose Semanal de Rock Progressivo

Audra Mae And The Almighy Sound – “Audra Mae And The Almighy Sound”


Foi cantando Bob Dylan e trabalhando junto com Susan Boyle, que Audra Mae conseguiu o espaço (e dinheiro) necessário para mostrar todo o seu talento. A compositora e cantora nascida em Oklahoma, que chegou em Los Angeles em 2009 com a cara e a coragem lançou no começo deste ano seu segundo, e muito aclamado, trabalho auto entitulado de Audra Mae And The Almight Sound.

Com uma voz, e aparência, que me lembram muito a de Janis Joplin, Audra Mae, junto com a sua banda de apoio, colocaram de forma muito peculiar elementos do Blues, do Folk e do Country para criar um rock com letras diretas mostrando muita personalidade mas sem perder o clima de bom humor e de animação que impera em todas as músicas.

O disco abre com a excelente The Real Thing, que em pouco tempo mistura um blues animado no refrão, que gruda imediatamente na sua cabeça, e uma linha de baixo pautando a voz forte e meio rasgada de Audra Mae nos versos, enquanto a letra simples e divertida impulsiona toda uma energia e positiva e faz as pernas querem dançar (porque não?).

Em seguida, My Friend The Devil começa a tocar, e a parceria com Dan Wilson não poderia ser melhor. Uma balada country, recheada de “palminhas” e meia luas ao fundo,  que mostram o lado mais melódico de toda a banda, e a incrível interpretação da letra que chega a cortar todo o bom humor que a música anterior tinha passado.

A agitada Little Red Wagon é uma das minhas preferidas. Outra vez, com o blues a flor da pele, com o piano e a guitarra fazendo uma combinação perfeita com suas linhas curtas e repetida e com um arranjo que me lembra muito o clima dos bailinhos de antigamente, a música é dedicada ao antigo carro de Audra Mae, um Dogde Dart vermelho. (e por algum motivo me lembra do filme do John Travolta, eu sei nonsense).

Annie Get Your Gun é mais uma balada que quebra de novo um pouco o clima animado que a música anterior trouxe de volta. Vale a pena ouvir o dueto de voz de Audra Mae e o guitarrista, mas mesmo assim continua sendo o ponto baixo do disco.

Mergulhando novamente no country, I’m a Diamond é uma música que traz aos ouvidos todo o clima faroeste que vemos em filmes, destaque para as linhas de guitarra que me transportaram diretamente à um saloon no meio do deserto americano. Todo esse clima se completa com a interpretação meio melancólica da letra que faz uma relação com a vida de um alguém que passou a vida atrás daquela pedra.

Smokin The Boys é mais uma canção agitada, com o blues rolando solto. O grande destaque é a Audra Mae voltando a dar  seu máximo de energia para transformar essa em mais uma música animada, fazendo mais um refrão grudar na cabeça facilmente.

Old Italian Song é uma das mais bonitas canções desse disco. Justificando o rótulo de “Diva” que vem recebendo da imprensa estrangeira, Audra interpreta a letra de forma espetacular, com muita base nas grandes divas dos anos 50 e 60, passando um sentimento verdadeiro por entre os versos.

Em homenagem a seu pai e a toda uma geração de trabalhores que ela viu agir, Ne’er Do Wells homenageia aqueles que fazem as coisas acontecerem ao mesmo tempo que tenta trazer um à tona uma reflexão a cada um de nós, que pra mim pareceu um pouco forçado (demais), mas que não estraga a música por conta do instrumental muito bem trabalhado.

Climb e Jebidiah Moonshine’s Friday Shack Party animam bastante e fazem das palminhas um grande diferencial em seus arranjos de blues que prevalecem sobre as letras.

O disco fecha com Two Melodies, uma balada folk que faz ode ao clichê “prefiro ser pobre e ter o que dizer, do que rico sem nada na cabeça”, mais uma das tentativas de ser uma “filósofa” musical, o que acaba um pouco com a graça do fim do disco. Mesmo assim Audra Mae And The Almight Sound é um ótimo trabalho musical como um todo, que soube mesclar vários elementos com uma voz potente em apenas um disco, vale a pena ouvir.

Tracklist:

01. The Real Thing

02. My Friend The Devil

03. Little Red Wagon

04. Annie Get Your Gun

05. I’m a Diamon

06. Smokin The Boys

07. Old Italian Love Song

08. Ne’er Do Wells

09. Climb

10. Jebidiah Moonshine’s Friday Night Shack Party

11. Two Melodies

Line Up:

Audra Mae – Vocais

Joe Ginsberg – Baixo

Jarrad Kritzstein – Guitarra e Violão

Frank Pedano – Piano

Kiel Feher – Bateria

Nota: 9

Audra Mae And The Almighy Sound Audra Mae And The Almighy Sound

Tracklist

Lineup

Rhamses

Palpiteiro de mídias sociais, Designer de interfaces, Podcaster e Microblogger. Apreciador de boa música, mas roqueiro acima de tudo.

0 comments
Sort: Newest | Oldest